Tem um canal no Youtube? Veja o que pode estar faltando!

Os canais de Youtube se tornando os queridinhos na comunicação digital entre celebridades, formadores de opinião e empresas com seus públicos.

As pessoas estão mais visuais na forma de consumir conteúdo. Os vídeos são mais simples, não exigem o esforço (e nem a qualidade) da leitura e são mais dinâmicos.

O Youtube funciona muito bem para os canais de entretenimento, opinião, os youtubers hoje são grandes formadores de opinião e audiência, e ganham muito dinheiro com isso. E as empresas descobriram no Youtube a ferramenta ideal  – e popular – de distribuir conhecimento e atrair clientes.

Mas seu canal não cresce em tráfego e popularidade? Independente do objetivo, essa rede exige algumas estratégias – simples na maioria – para dar resultados. Você tem um canal no Youtube? Veja o que pode estar faltando para que ele decole na rede!

Antes de tudo: fale sobre as suas paixões!

E não é apenas gostar de cinema ou de amar música; o produto que você ou a sua empresa vende é uma paixão!

Antes de produzir vídeos, entenda se você tem paixão de falar sobre o assunto. Parece óbvio, mas é muito comum empresas apenas relatarem o que vendem, como são e o que têm para oferecer. Tudo muito institucional e informativo.

Na mundo Youtube, isso é pouco, as pessoas querem mais. É preciso estabelecer uma conexão emocional. Se o seu produto não tiver isso (acho impossível!), volte para a prancheta e deixe a ideia do Youtube quieta por um tempo.

O estilo do seu canal é o melhor?

Se você tem um canal para vender moda, é uma linguagem. Se você tem um canal para vender equipamentos de som, é outra.

É preciso achar o tom dos seus vídeos, tanto nas imagens ou planos de fundo, quanto nos textos e na interpretação deles. Um fundo branco em uma sala para vídeos de uma marca de surfe certamente vai atrair pouca gente.

Para vender pranchas de surfe, você terá de fazer vídeos nas praias ou na loja – isso implica em investimento e logística diferente de faze-los no seu escritório.

Identidade visual é fundamental

Seu canal está criado de uma forma que o layout, a logomarca, as cores e distribuição do conteúdo chamem a atenção do seu público.

A identidade visual é a sua cara, ou da sua empresa, diante da possível audiência. Foto de perfil, imagem de capa e logomarca que traduzam o seu objetivo com o canal e atraiam que está alinhado com esse objetivo.

Os thumbnails são importantíssimos, apesar de muito subestimados. O destaque deles ajuda muito na atração. E capriche no vídeo de boas-vindas, ele é justamente isso: como você quer receber a sua audiência!

Transmita conteúdo relevante e engajado, acima de tudo

Pode ser um canal de humor, ou de curiosidades gerais ou de promoção de produtos: o conteúdo precisa atender o que as pessoas esperam.

Não é basicamente fazer rir se é um canal de humor; é mostrar que a proposta é essa, mostrar que tem conhecimento e autoridade para entregar os conteúdos. Nos negócios, isso é entender como a sua audiência quer conhecer o seu produto.

Se você vende carros tipicamente familiares, os vídeos acelerados de potência e velocidade não serão os mais adequados; do contrário, são ótimos para vender motos.

Lance mão dos recursos que enriquecem seu canal

Invista em recursos que podem projetar a sua marca para a audiência e aumenta-la.

SEO

A otimização de conteúdo através do SEO também se faz no Youtube e em vários aspectos: palavras-chave no título e na descrição, tags, duração dos vídeos (este item é um diferencial importante), O tempo de permanência da audiência e as reações também impactam no ranqueamento dos seus vídeos.

Vinhetas cantadas

As vinhetas cantadas são um ótimo recurso para aprimorar a identidade visual que será facilmente identificada e vai criar um vínculo maior entre marca (tanto pessoal quanto empresarial) e audiência.

Collabs

As trocas colaborativas com outras empresas e pessoas e digital influencers é uma excelente forma de aumentar a visibilidade, além de transmitir a imagem de dinamismo e de interesse por outros conteúdos relevante e relacionados.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *